transbordo-me

por Victor Rossi

Tenho em mim todos os sentimentos do mundo,
Aflorados de acordo com cada situação
Nenhum deles é limitado ou inexpressível
Nada que não seja tão difícil de perceber.

Faço de cada momento o único.
Transbordo-me em sentimentos
Não faço ideia de quantos
Só sei que sinto.

Quando não te vejo, nada muda
Já que tenho todas as lembranças suas
Guardadas em mim.

Quanto ao meu passado,
Não tenho nada a dizer
Pois do passado não se fala
O passado foi feito pra ficar no passado.

Tento explicar-me em versos toscos
Coisa que nunca fiz certo
Na vida nunca fui bom
Por que diabos seria agora?

_____

Victor Rossi reside na Zona Norte de São Paulo. É piloto e amante do motociclismo. Viaja sempre que pode, sem motivo ou destino. Escreve quando tem um tempo livre e troca qualquer coisa por uma boa noite de pizza com os amigos. Ao som de Dio, Black Sabbath, Anathema e outras bandas clássicas de Hard Rock, tenta encontrar seu lugar no mundo e ajudar pessoas o máximo que puder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *