sem petulância

por Elle*

Que tipo de amor seria esse se eu fechasse a cara?
Que tipo de amor seria esse meu?

Então me diz, que está feliz
Então me diz, que é o que sempre quis

E vou responder, sem amarguecer
É bom ver florescer amor em ti

Mesmo que o amor não seja meu
Mesmo que o amor não seja eu

Então confirmo, e reafirmo
Meu amor é livre, pra ir e vir
Pra nascer em qualquer canto
Pra florescer em qualquer coração

Mesmo que o amor não seja meu
Mesmo que o amor não seja eu

Vou responder, sem endurecer
Que é bom ver paixão assim

Que vai e volta
Que entra e transborda

Que tipo de amor teria eu, se fechasse a cara?
Que tipo de amor seria eu, ja que não sou seu?

_____

A vida chegou sem massagem.
Tudo que *Elle quer é embarcar em mais uma viagem.
Da cabeça desgraçada tenta tirar seu rumo.
Tem larica de arte.
Elle escreve quinzenalmente às quartas.

Uma ideia sobre “sem petulância

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *