do princípio ao fim

por Marcia Dantas*

No princípio foi a amizade,
a confidência,
o gostar.

Duas pessoas que se encontravam,
trocando solidão por companhia.
Prometendo nunca partir.

Mas as palavras foram esquecidas,
perdendo-se no vento.
Viraram apenas letras sem sentido,
pedidos não atendidos.

Corações perdidos,
lágrimas que molharam o chão.

Não havia como continuar.
Como persistir na caminhada.
Eram muitas feridas.

A saudade fica.
Preenche a ausência.

É hora do adeus,
do fim.

_____

*Marcia Dantas se orgulha de ser professora de História e escritora, duas áreas que a completam, realizam, desafiam e a fazem militar constantemente. Paulista de coração, não se vê morando em outro lugar, embora precise de um férias da metrópole no momento. Lançou há pouco o seu primeiro livro, Reescrevendo Sonhos, além de estar em vários outros projetos literários. Marcia escreve quinzenalmente aos sábados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *